segunda-feira, 5 de abril de 2010

CEPPAT - 2A - Música Renascentista e Barroca

Olá,
Para esta atividade vocês deverão pesquisar sobre a vida de um dos compositores da música Renascentista ou Barroca. Nesta pesquisa deve ter dados sobre a vida do artista e nome de alguma de suas obras, também um link de um vídeo com apresentação destas músicas. Para facilitar a vida de vocês segue uma lista com o nome dos principais compositores destes períodos.

Principais compositores renascentistas
William Byrd - 1542/ 1623
Josquin des Préz - 1440/1521
Palestrina - 1525/ 1594
Giovanni. Gabriel - 1555/  1612
Cláudio Monteverdi - 1567/ 1643


Principais compositores Barrocos
A Corelli - 1653/ 1713
A Scarlatti - 1660/ 1755
A Vivaldi - 1678/ 1741
D Scarlatti - 1685/ 1757
Henry Purcell - 1659/1695
George Philipp Telemann - 1681/1767
J. S. Bach - 1685/ 1750
J. F. Haendel - 1685/ 1759
Jean-Philippe Rameau - 1683/ 1764
José Antônio Carlos Seixas - 1704/ 1742

Para responder basta clicar em comentários e responder. Lembrem-se de colocar nome, n° e turma ao final do comentário. Observem o exemplo no primeiro comentário. Ah! Lógico que vale nota!
Prazo final para postagem 19/04/2010.

31 comentários:

Claudia Lobato disse...

Nome do Artista

Texto reumido sobre a vida do artista.
Nome de pelo menos duas obras.

url do vídeo da obra. (veja no Youtube!)

Nome, n e turma

Lucas disse...

Jean-Philippe Rameau

Vida de Jean-Philippe -

Filho de organista na catedral de Dijon, distinguiu-se, desde cedo, como organista e com especial talento para a composição musical à qual sempre deu atenção especial quanto a sua estrutura lógica
Não foi apenas um compositor francês mais importante do século XVIII, como também influenciou a teoria musical
Suas obras ricamente ornamentadas destacam-se como a síntese do estilo rococó.
Até 1722 Rameau compusera apenas poucas e curtas peças para teclado e obras sacras, mas a publicação de seu tratado sobre harmonia naquele ano marcou o começo de um período produtivo.
Nasceu dia 25 de Setembro de 1682, em Dijon – Faleceu dia 12 de Setembro de 1764, em Paris

Obras -

Dardanus "Prologue"

Pièces de clavecin en concerts

Videos das obras -

http://www.youtube.com/watch?v=dyYZACaWOVI

http://www.youtube.com/watch?v=V0i74hZE00g&feature=related

Lucas Kenji Hasegawa
nº: 21
Turma: 2ºA

Wendel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
marciely disse...

Jose Antonio Carlos Seixas

Organista, cravista e compositor português. Nasceu no dia 11 de junho de 1704, em Coimbra e faleceu precocemente, aos 38 anos, em Lisboa, no dia 25 de agosto de 1742. Seu pai, Francisco Vaz, organista da Catedral de Coimbra, foi seu primeiro professor.
Sua obra é composta, em grande parte, de peças para instrumentos de teclado, chamadas de tocatas ou sonatas. É autor de cerca de 700 tocatas para cravo, das quais somente 105 chegaram até nossos dias. Deixou ainda minuetos e fugas para órgão, clavicórdio e cravo, um concerto para cravo e acompanhamento de cordas, duas aberturas para orquestra e algumas obras religiosas. É considerado o maior compositor português de música para instrumento de teclado.

Sonata nº 12, harpsichord

http://www.youtube.com/watch?v=X5_FQ6yD7VE

Marciely Ramalho Nº22 2ºA

@camaira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
@camaira disse...

A Scarlatti

Alessandro Scarlatti nasceu em Palermo (Itália), em 2 de maio de 1660. Filho de pais sicilianos, pertencia, segundo alguns genealogistas, ao ramo siciliano de uma família muito antiga de origem toscana. Era o mais velho de sete irmãos, alguns dos quais vieram a ser músicos: Anna Maria, Melchiorra e Tommaso, cantores; Francesco, compositor.
A música de Alessandro Scarlatti é um elo importante entre os estilos vocais do início do barroco italiano do século XVII, cujo cnentro foi Florença, Veneza e Roma, e a escola clásica cujo apogeu foi Mozart.

Obras:
A. Scarlatti: Cantata "Questo silenzio ombroso"

Alessandro Scarlatti - Cantata "Da sventura a sventura"

Videos:
http://www.youtube.com/watch?v=zPhS14ERSHQ&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=UpHblppg8Jk&feature=related


Camila Maira Fernandes - nº05 - 2ºA

Caroline disse...

Antonio Lucio Vivaldi .

Foi um compositor e músico italiano do estilo barroco tardio.nasceu no dia 4 de março de 1678. Tinha a alcunha de il prete rosso ("o padre vermelho") por ser um sacerdote de cabelos ruivos.Compôs 770 obras, entre as quais 477 concertos e 46 óperas. É sobretudo conhecido popularmente como autor da série de concertos para violino e orquestra Le quattro stagioni ("As Quatro Estações").
Filho de Camila Calicchio e Giovanni Battista Vivaldi , era o mais velho de sete irmãos.Seu pai, um barbeiro, mas também um talentoso violinista, ajudou-o a iniciar uma carreira no mundo da música, matriculando-o ainda pequeno, na Capela Ducal de São Marcos para aperfeiçoar seus conhecimentos musicais e foi responsável pela sua admissão na orquestra da Basílica de São Marcos, onde se tornou o maior violinista do seu tempo. Em 1703, Vivaldi tornou-se padre. Em 1704, foi-lhe dada dispensa da celebração da Santa Eucaristia devido à sua saúde fragilizada (aparentemente sofreria de asma), tendo-se voltado para o ensino de violino num orfanato de moças chamado Ospedale della Pietà em Veneza. Pouco tempo após a sua iniciação nestas novas funções, as crianças ganharam-lhe apreço e estima; Vivaldi compôs para elas a maioria dos seus concertos, cantatas e músicas sagradas. Em 1705 a primeira colecção (raccolta) dos seus trabalhos foi publicada. Muitos outros se lhe seguiram.

Obras: Il Prete Rosso e The Four Seasons Spring

Video : http://www.youtube.com/watch?v=W4jBHeHGaAM

http://www.youtube.com/watch?v=tp-pUqcO0g8

Anne Caroline Boreski dos Santos
Nº 04 2ªA

Wendel disse...

José Antônio Carlos Seixas

Filho de Francisco Vaz e de Marcelina Nunes, Carlos Seixas estudou com o pai e cedo o substituiu como organista da Sé de Coimbra, cargo de grande responsabilidade que exerceu durante dois anos. Aos 16 anos partiu para Lisboa, altura em que a corte portuguesa era das mais dispendiosas da Europa.
No que diz respeito à composição, Carlos Seixas foi um dos maiores compositores portugueses para a música de tecla. Fez escola em Portugal criando um estilo seu (apesar da influência italiana e francesa que se constatam em algumas das suas obras) que foi imitado durante algum tempo após a sua morte.
No século XVIII era exigido aos compositores que a sua música fosse fiel aos pensamentos e ideais estéticos do meio. A composição era, de certa forma, limitada a um rol de características previamente definidas, facto que devemos levar em conta quando analisamos a obra dos compositores.

Obras: Fugue Historical Harpsichord Mario Trilha, Sonata.

Video: http://www.youtube.com/watch?v=oYPbjRquGNo&feature=related

Aluno: Wendel Fantine de Sá
Nº: 32
Turma: 2ºA

disse...

A Corelli

Arcangelo Corellifoi o mais famoso violinista-compositor do barroc, a um dos mais influentes depois de Claudio Monteverdi. Embora sua produção integral resuma-se a seis antologias, sua escrita instrumental era admirada pelo refinamento harmônico e estilo brilhante, tendo sido referência crucial para muitos compositores, entre eles Johannes Sebastian Bach e Georg Friedrich Haendel.Pouco se sabe sobre a vida de Corelli, a não ser que a maior parte de sua carreira deu-se em Roma. Ali foi patrocinado por diversos mecenas aristocratas e nobres, incluindo a exilada rainha da Suécia. Era regularmente contratado para apresentações de ópera, oratórios e outras obras de formato amplo, algumas de Georg Friedrich Haendel. Corelli é conhecido sobretudo por seus doze concerti grossi, que representaram uma nova forma de composição. Como violinistra virtuose, contribuiu para consolidar modernas técnicas de arcada e foi um dos primeiros a usar bicordes e efeitos harmônicos no instrumento. Como professor de violino, suas realizações também foram notáveis, tendo entre seus alunos Francesco Germiniani e Antonio Vivaldi.

Corelli escreveu ainda 12 sonatas para instrumento solista (para violino e contínuo) e 12 concertos grossos (grossi, em italiano), com os quais influenciou o estilo musical de sua época.

Entre suas obras mais notáveis estão;
•Concerto Grosso Op.6 N.8: http://www.youtube.com/watch?v=yHZPft55Ueo

•Concerto Grosso Op.6 N.10: http://www.youtube.com/watch?v=TN03NjMrR_0


Andressa Rodrigues nº02 2ºA

kaiqueraaa disse...

William Byrd


Apesar de sua fé, Byrd sempre trabalhou para a Igreja Anglicana, sendo por ela respeitado e compondo belíssimas obras, mas seus trabalhos mais sublimes foram em latim para a Igreja Católica, como o motete para quatro vozes Ave verum corpus a as Três Missas Católicas. Naquela época o catolicismo era bem tolerado pela Rainha, que permitia, inclusive, que a música religiosa latina pudesse ser cantada em locais de ensino.

Estudou com Thomas Tallis, tornando-se mais tarde seu parceiro.

Foi considerado o maior compositor de contraponto de sua época na Inglaterra. Tocava órgão e virginal (instrumento de teclado como um pequeno órgão cujas cordas eram batidas por diminutas cunhas de metal), para o qual compôs mais de 140 peças.


obras

Ave Verum Corpus(http://www.youtube.com/watch?v=30UfjAucDsA

Missa Para Quatro Vozes(http://www.youtube.com/watch?v=Op8yU7Rl1TU&feature=PlayList&p=EA1810F1988B0B38&playnext_from=PL&index=0&playnext=1

nome:kaique jacomini
turma:2ºA
nº:19

Dia:05/04/10
Hora:20:43
20

FLPCTN disse...

Georg Philipp Telemann

Biografía

George Philipp Telemann
(Magdeburgo, 14 de março de 1681 — Hamburgo, 25 de junho de 1767) foi um compositor e músico alemão. Já aos dez anos, Telemann sabia tocar vários instrumentos e escrevia diversas obras. Aos 21 anos, tornou-se diretor musical da ópera de Leipzig e aos 23 tornou-se organista de uma igreja.

Entre suas obras mais memoráveis estão Nouveaux Quatuors en Six Suites, Musique de Table e Bourlesque de Quixotte.


Obras

Concerto for Transverse flute

Concerto for Two Chalumeaux

Videos

http://www.youtube.com/watch?v=vEGQo2DeqZ4

http://www.youtube.com/watch?v=_Mssmf-z7IA


Felipe Coutinho
Nº 11
2ºA

vitor disse...

George Philipp Telemann
Foi um compositor e músico alemão. Já aos dez anos, Telemann sabia tocar vários instrumentos e escrevia diversas obras. Aos 21 anos, tornou-se diretor musical da ópera de Leipzig e aos 23 tornou-se organista de uma igreja.

Teleman foi o compositor mais famoso da Alemanha, pois compôs em todas as formas e estilos existentes em sua época. Em qualquer estilo, sua música tem um caráter inconfundível, sendo clara e fluindo levemente. Apesar de de ser apenas quatro anos mais velho do que seus contemporâneos Bach e Haendel, utilizou um estilo muito mais avançado e pode ser considerado um precursor do estilo musical clássico. Entre os diversos gêneros musicais que compôs, destacam-se a sua Música vocal sacra, sendo notável o extraordinário número de cantatas (aproximadamente 1700).

Nasceu em Magdeburgo,no dia 14 de março de 1681,e Morreu em Hamburgo, no dia 25 de junho de 1767, aos 86 anos de idade.

Obras:
-Nouveaux Quatuors en Six :http://www.youtube.com/watch?v=b_qutnEe_DM

-Bourlesque de Quixotte:http://www.youtube.com/watch?v=z7h-8TEe-sI

Vitor Hugo Dias de Souza Nº30 2ºA

Claudia Lobato disse...

Caramba! que turma entusiasmada!
parabéns!

matheus disse...

William Byrd (Lincolnshire, Inglaterra, 1543 - Stondon Massey, 4 de Julho de 1623) foi um compositor inglês.

Era católico praticante no reinado protestante da Rainha Elizabeth I.

Apesar de sua fé, Byrd sempre trabalhou para a Igreja Anglicana, sendo por ela respeitado e compondo belíssimas obras, mas seus trabalhos mais sublimes foram em latim para a Igreja Católica, como o motete para quatro vozes Ave verum corpus a as Três Missas Católicas. Naquela época o catolicismo era bem tolerado pela Rainha, que permitia, inclusive, que a música religiosa latina pudesse ser cantada em locais de ensino.

Estudou com Thomas Tallis, tornando-se mais tarde seu parceiro.

Foi considerado o maior compositor de contraponto de sua época na Inglaterra. Tocava órgão e virginal (instrumento de teclado como um pequeno órgão cujas cordas eram batidas por diminutas cunhas de metal), para o qual compôs mais de 140 peças.

Tornou-se organista da Catedral de Lincoln em 1563.

Em 1568 casou-se com Juliana Birley, com quem teve dois filhos.

Foi convidado para ser Cantor da Capela Real em 1570, mas não abandonou Lincoln definitivamente até 2 anos mais tarde, quando mudou-se para Londres.

Em 1572 foi nomeado "Gentleman of Her Majesties Chappell", co-organista da Capela Real de Londres, posição dividida inicialmente com Tallis.

*
Em 1575 a Rainha Elizabeth I concedeu a ele e a Tallis o monopólio da impressão e venda de partituras.

Durante o período da perseguição aos católicos em que muitos jesuítas foram executados, Byrd se mudou de Londres com sua família para Harlington, Middlesex. Sua esposa Juliana tinha se recusado a prestar serviços à Igreja Anglicana, obrigatório na época.

Ficou viúvo e se casou novamente, mudando-se para Stondon Massey, Essex, em 1592, onde viveu até sua morte, em 4 de Julho de 1623.

Obras notáveis de Byrd incluem: Ave Verum Corpus, Susanna Fair, Missa Para Quatro Vozes, Great Service, Qui Passe: For Mu Lady Nevell

nome:MATHEUS FERREIRA GIROLDO n°24

Maysa disse...

Henry Purcell
Henry Purcell (Londres, 10 de setembro de 1659 – 21 de novembro de 1695) foi um compositor britânico. Apesar de uma vida relativamente breve, Henry Purcell permanece um dos mais importantes compositores ingleses. Sua facilidade em compor para todos os gêneros e públicos, sua popularidade na corte durante reinados de três monarcas e sua vasta produção de odes cortesãs, música cênica, anthems' sacros, canções e catches seculares, música de câmara e voluntaries para órgão são uma prova clara de seu prodigioso talento.

Compôs as óperas Dido and Aeneas e A tempestade. São famosas suas Lições para cravo, suas Odes, Hinos, composições religiosas e bem assim, sonatas e fantasias para viola.

Obras: The Fairy Queen, I Gave Her Cakes e Dido and Aeneas.

Video: http://www.youtube.com/watch?v=yGYQtNAHbX4

Nome: Maysa Silva Navarro
N°: 26
2° "A"

Igor disse...

Josquin des Prez

Josquin des Prés era chamado de "Príncipe dos Compositores", pelos músicos de sua época, que admiravam sua obra naquilo que esta tinha de comovedor e o modo de como ele ressaltava o sentido das palavras no canto.

Josquin des Prés nasceu em Condé-sur-l'Escaut, Hainaut, província pertencente aos Países Baixos. Como a maior parte de seus contemporâneos, fez carreira na Itália, onde morou quase initerruptamente de 1459 a 1505. Em 1474 já aparece como mestre de capela particular do duque Galeazzo Maria Sforza, em Milão. Mais tarde, em Roma, entra para o serviço do papa Sisto IV, até o ano de 1499.

Retornando a Milão, transferiu-se em seguida para Ferrara (1501 a 1505), contratado por Hércules I d'Este.

Depois de 1505, seu novo lugar de trabalho é a corte do rei Luís XII. Há traços de sua passagem pelos Países Baixos, sabendo-se que faleceu quando era prior da igreja de Notre Dame, em Condé, sua cidade natal.

Obras principais

El Grillo.
La Déploration De la mort de Johannes Ockeghem.

Vídeos

http://www.youtube.com/watch?v=hKJgwLPjmlw

http://www.youtube.com/watch?v=ha1EQBO9k7k

Igor Martins Neves Nº 13

Juliani disse...

José António Carlos de Seixas (Coimbra, 11 de Junho de 1704 — Lisboa, 25 de Agosto de 1742), compositor e organista português. Filho de Francisco Vaz e de Marcelina Nunes, Carlos Seixas estudou com o pai e cedo o substituiu como organista da Sé de Coimbra, cargo de grande responsabilidade que exerceu durante dois anos. Aos 16 anos partiu para Lisboa, altura em que a corte portuguesa era das mais dispendiosas da Europa. Foi muito solicitado como professor de música de famílias nobres da corte, nomeado organista da Sé Patriarcal e da Capela Real (sendo o Mestre desta Domenico Scarlatti estabeleceram certamente colaborações proveitosas). Carlos Seixas gozava da fama de ser músico e professor excelente. Na capital impôs-se como organista, cravista e compositor. Com o seu trabalho sustentou a mulher, que desposara aos 28 anos, e os cinco filhos, dois filhos e três filhas, e adquiriu algumas casas nas vizinhanças da Sé. Carlos Seixas morreu a 25 de Agosto de 1742, de febre reumática, já sendo Mestre da Capela Real.
Obras:
Sonata número 12harpsichord, C major 2|2 minuete.

Carlos Seixas (08) - Sonata nº16, harpsichord, C minor (1/1) Without tempo indication (K. Haugsand).

Vídeos:http://www.youtube.com/watch?v=83t226jDmIU

http://www.youtube.com/watch?v=9JN0c8uOH4o&feature=related
Juliani de Almeida.
Nº17.
2°A.

Anônimo disse...

Andrea Gabrieli
Andrea Gabrieli (1532/1533? – 30 de agosto de 1585) foi um compositor e organista italiano da alta Renascença. Tio do bem mais famoso Giovanni Gabrieli, foi o primeiro membro renomado da escola veneziana de compositores, e foi extremamente influente na propagação do estilo veneziano na Itália e na Alemanha. Próximo ao ano de 1550, foi ativo nos domínios de Verona e, de 1564 até sua morte, trabalhou na Basílica de São Marcos em Veneza.

Deixou numerosas composições de música sacra (motetos, salmos, missas, um "Glória" a 16 vozes e um outro) e profana (quase 250 madrigais). Dentre suas composições instrumentais mencionamos as tocatas para órgão, as canções, os ricercari e a música de conjunto. Dentre seus alunos estão seu sobrinho Giovanni Gabrieli e Hans Leo Hassler.
Uma expressão muito virtuosa foi o que tornou as suas tocatas para órgão importantíssimas para a música do século XVI e gerou, assim, uma importante transformação. De fato, estas tocatas, com caráter de improvisação e ricas de passagens virtuosísticas, em grande escala, introduzem uma nova atitude em relação à música instrumental.

Principais Composições:

* Duas composições corais a oito e a doze vozes, escritas para o Rei da Polônia.
* Uma coletânea de madrigais a três, quatro e seis vozes (cerca de 250).
* Canções sacras (1565), para órgão.
* Tocatas.
* Ricercari.
* 4 coros para ' o Édipo Rei de Sófocles.
* 110 motetos de quatro a doze vozes.

7 salmos davídicos a seis vozes. 4 missas a seis vozes. As greghesche, composições cantadas em um dialeto misto entre veneziano, dálmata e grego.

Link do texto: http://pt.wikipedia.org/wiki/Andrea_Gabrieli

Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=D7NwA1yc-Gs

Vagner Num. 29
2º A

Vagner disse...

Andrea Gabrieli
Andrea Gabrieli (1532/1533? – 30 de agosto de 1585) foi um compositor e organista italiano da alta Renascença. Tio do bem mais famoso Giovanni Gabrieli, foi o primeiro membro renomado da escola veneziana de compositores, e foi extremamente influente na propagação do estilo veneziano na Itália e na Alemanha. Próximo ao ano de 1550, foi ativo nos domínios de Verona e, de 1564 até sua morte, trabalhou na Basílica de São Marcos em Veneza.

Deixou numerosas composições de música sacra (motetos, salmos, missas, um "Glória" a 16 vozes e um outro) e profana (quase 250 madrigais). Dentre suas composições instrumentais mencionamos as tocatas para órgão, as canções, os ricercari e a música de conjunto. Dentre seus alunos estão seu sobrinho Giovanni Gabrieli e Hans Leo Hassler.
Uma expressão muito virtuosa foi o que tornou as suas tocatas para órgão importantíssimas para a música do século XVI e gerou, assim, uma importante transformação. De fato, estas tocatas, com caráter de improvisação e ricas de passagens virtuosísticas, em grande escala, introduzem uma nova atitude em relação à música instrumental.

Principais Composições:

* Duas composições corais a oito e a doze vozes, escritas para o Rei da Polônia.
* Uma coletânea de madrigais a três, quatro e seis vozes (cerca de 250).
* Canções sacras (1565), para órgão.
* Tocatas.
* Ricercari.
* 4 coros para ' o Édipo Rei de Sófocles.
* 110 motetos de quatro a doze vozes.

7 salmos davídicos a seis vozes. 4 missas a seis vozes. As greghesche, composições cantadas em um dialeto misto entre veneziano, dálmata e grego.

Link do texto: http://pt.wikipedia.org/wiki/Andrea_Gabrieli

Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=D7NwA1yc-Gs

Vagner Num. 29
2º A

luanna disse...

José António Carlos Seixas-1704/1742


Nascido em Coimbra a 11 de Junho de 1704, José António Carlos de Seixas, é o maior compositor portugûes para música de tecla do Barroco. A sua obra não se limita só ao cravo — o maior número — e algumas obras para orgão. Compôs igualmente obras sacras e obras para orquestra — a sinfonia em Si bemol, por exemplo.

Filho do organista da Sé de Coimbra, Francisco Vaz e de Marcelina Nunes. Carlos Seixas substitui o pai aos 14 anos de idade naquele cargo. Em 1720 muda-se para Lisboa, sendo nomeado organista da Sé, e um pouco mais tarde ascende ao distinto cargo de Vice Mestre da Capela Real, algo notável atendendo a que o Mestre de Capela era Domenico Scarlatti. Morre a 25 de Agosto de 1742, ocupando então o cargo de Mestre da Capela Real: o mais alto cargo na música portuguesa de então.

Carlos Seixas criou um estilo seu. Embora inspirado, sem dúvida, na música italiana, mas com elementos característicos do temperamento lusitano. Uma certa leveza, suavidade, e experimentalismo caracterizam a sua música. Além de que as suas obras foram pensadas para os instrumentos de fabrico português — diferentes dos demais na Europa.

Das suas sonatas para cravo, que seriam em número de mais de 700, apenas nos chegaram 105, tendo-se perdido o grosso do espólio durante o terramoto de Lisboa de 1755.

As sonatas de Carlos Seixas tem um carácter bastante mais experimental que as de Scarlatti.

É um autor que pode ombrear com qualquer outro compositor da época, mas que por incúria dos vários e sucessivos poderes tarda em ser mais promovido. Sucedendo a situação caricata de se chegarem a ouvir nos auditórios lusos maus compositores estrangeiros do Barroco em detrimento de excelentes compositores portugueses, como é o caso de Seixas.

Melhor do que falar sobre Carlos Seixas e a sua música é ouvi-la. Seleccionei o primeiro andamento — Allegro — do concerto para cravo e orquestra de cordas em Lá Maior.


2º A Luanna nº20

link
http://www.youtube.com/watch?v=noVshmh0_2k

Anônimo disse...

Claudio Monteverdi


Compositor e violista italiano (15/5/1567-29/11/1643). Pioneiro da ópera moderna. Nasce em Cremona e estuda música com Marc-Antoine Ingegneri, mestre-de-capela da cidade. Em 1590 vai para Mântua, onde passa doze anos como violista, organista e mestre de música da corte, servindo ao duque de Mântua. Em 1613 muda-se para Veneza a fim de assumir o cargo de regente do coro da Basílica de San Marco. Compõe diversas óperas, entre elas Orfeu (1607), a primeira a ter ampla participação de orquestra, e Il Combattimento di Tancredo e Clorinda (1624), além de livros de madrigais (músicas para coral criadas na Itália no século XIV).

As partituras de sua segunda ópera, Arianna (1608), se perdem, exceto pela ária conhecida como Lamento, uma das melodias mais cantadas na Itália do século XVII. A principal inovação de Monteverdi é o stile concitato, que, por meio da repetição de notas, confere à música estilo marcial. Em 1642 escreve A Coroação do Papa, considerada obra-prima da música barroca. Reeditada em 1961, durante o Festival de Aix-en-Provance, faz sucesso com o público atual. Morre em Veneza.

obras

Vespro Della beata Vergine

Quarto Libro dei Madrigali

http://www.youtube.com/watch?v=-CF4EQLBWlo

http://www.youtube.com/watch?v=dPum3lhkyhE&feature=related

Acadêmico: Dr Wellington Henrique
Nº.31 turma 2ºA

valdito disse...

A Vivaldi - 1678/ 1741

Filho de Camila Calicchio e Giovanni Battista Vivaldi , era o mais velho de sete irmãos. Seu pai, um barbeiro, mas também um talentoso violinista (alguns chegam a considerá-lo como um virtuoso), ajudou-o a iniciar uma carreira no mundo da música, matriculando-o ainda pequeno, na Capela Ducal de São Marcos para aperfeiçoar seus conhecimentos musicais e foi responsável pela sua admissão na orquestra da Basílica de São Marcos, onde se tornou o maior violinista do seu tempo. Em 1703, Vivaldi tornou-se padre. Em 1704, foi-lhe dada dispensa da celebração da Santa Eucaristia devido à sua saúde fragilizada (aparentemente sofreria de asma), tendo-se voltado para o ensino de violino num orfanato de moças chamado Ospedale della Pietà em Veneza. Pouco tempo após a sua iniciação nestas novas funções, as crianças ganharam-lhe apreço e estima; Vivaldi compôs para elas a maioria dos seus concertos, cantatas e músicas sagradas. Em 1705 a primeira colecção (raccolta) dos seus trabalhos foi publicada. Muitos outros se lhe seguiram. No orfanato, desempenhou diversos cargos interrompidos apenas pelas suas muitas viagens. Em 1712 compôs o "Estro armonico", uma coleção de 12 concertos que repercutiu em toda a Europa e mais tarde teve seis obras transcritas por Bach, em 1713, tornou-se responsável pelas actividades musicais da instituição. Em paralelo com suas atividades sacras, Vivaldi obteve permissão para apresentar no teatro de Santo Ângelo suas primeiras óperas e alguns concertos: "Outtone in villa" e "Orlando Furioso" e entre outros concertos, "La Stravaganza".. Em 1723 publicou o Opus 8, que contém "As Quatro Estações", sua obra mais conhecida.

Apesar do seu estatuto de sacerdote, é suposto ter tido vários casos amorosos,[carece de fontes?] um dos quais com uma de suas alunas, a cantora Anna Giraud, com quem Vivaldi era suspeito de manter uma menos clara actividade comercial nas velhas óperas venezianas, adaptando-as apenas ligeiramente às capacidades vocais da sua amante. Este negócio causou-lhe alguns dissabores com outros músicos, como Benedetto Marcello, que terá escrito um panfleto contra ele.
Obra
Vivaldi foi realmente um compositor prolífico e a sua fama deve-se sobretudo à composição das seguintes obras:

* Concertos: Há divergências sobre o número exato de concertos compostos por Vivaldi. Algumas publicações contam 550 concertos compostos por ele. Em outras publicações, cita-se 477 concertos e outros ainda 456. Seus concertos mais conhecidos e divulgados são Le quattro stagioni (As quatro estações).
* 46 óperas,
* 44 motetos,
* sinfonias,
* 2 serenatas,
* música de câmara (mesmo se algumas sonatas para flauta, como Il Pastor Fido, lhe tenham sido erradamente atribuídas, apesar de compostas por Nicolas Chédeville),
* música sacra - três oratórios (Oratorio Juditha Triumphans, composto para a Pietá; dois Gloria; Stabat Mater; Nisi Dominus; Beatus Vir; Magnificat; Dixit Dominus e outros).

Menos conhecido é o facto de a maior parte do seu repertório ter sido descoberto apenas na primeira metade do século XX em Turim e Génova, mas publicado na segunda metade. A música de Vivaldi é particularmente inovadora, quebrando com a tradição consolidada em esquemas; deu brilho à estrutura formal e rítmica do concerto, repetidamente procurando contrastes harmónicos, inventando melodias e trechos originais.



Videos:
www.youtube.com/watch?v=mFXMw8tGKPI
www.youtube.com/watch?v=EK2tWVj6lXw&feature=fvst

Dr Osvaldo Junior N:27 p/ tenis e 28 p/ sapato turma:2°A

c'girls disse...

George Philipp Telemann
Foi um compositor e músico alemão. Já aos dez anos, Telemann sabia tocar vários instrumentos e escrevia diversas obras. Aos 21 anos, tornou-se diretor musical da ópera de Leipzig e aos 23 tornou-se organista de uma igreja.

Teleman foi o compositor mais famoso da Alemanha, pois compôs em todas as formas e estilos existentes em sua época. Em qualquer estilo, sua música tem um caráter inconfundível, sendo clara e fluindo levemente. Apesar de de ser apenas quatro anos mais velho do que seus contemporâneos Bach e Haendel, utilizou um estilo muito mais avançado e pode ser considerado um precursor do estilo musical clássico. Entre os diversos gêneros musicais que compôs, destacam-se a sua Música vocal sacra, sendo notável o extraordinário número de cantatas (aproximadamente 1700).

Nasceu em Magdeburgo,no dia 14 de março de 1681,e Morreu em Hamburgo, no dia 25 de junho de 1767, aos 86 anos de idade.

Obras:
-Nouveaux Quatuors en Six :http://www.youtube.com/watch?v=b_qutnEe_DM

-Bourlesque de Quixotte:http://www.youtube.com/watch?v=z7h-8TEe-sI

Camila souza n° 06 turma: 2° A

Anônimo disse...

Arcangelo Corelli (Fusignano, Ravena, 17 de Fevereiro de 1653 – Roma, 8 de Janeiro de 1713) foi o mais famoso violinista-compositor do barroc, a um dos mais influentes depois de Claudio Monteverdi. Embora sua produção integral resuma-se a seis antologias, sua escrita instrumental era admirada pelo refinamento harmônico e estilo brilhante, tendo sido referência crucial para muitos compositores, entre eles Johannes Sebastian Bach e Georg Friedrich Haendel.
Como violinistra virtuose, contribuiu para consolidar modernas técnicas de arcada e foi um dos primeiros a usar bicordes e efeitos harmônicos no instrumento. Como professor de violino, suas realizações também foram notáveis, tendo entre seus alunos Francesco Germiniani e Antonio Vivaldi.
Entre suas obras mais notáveis estão o Concerto Grosso Op.6 N.8, Concerto Grosso Op.6 N.10 e Sonate a Violino e Violine o Cimbalo Op.5 N.12.

http://www.youtube.com/watch?v=RSAQF9TE6dY&playnext_from=TL&videos=gSKisF--rhQ&feature=rec-LGOUT-exp_fresh%2Bdiv-1r-1-HM
http://www.youtube.com/watch?v=SuCji1-6Qho&playnext_from=TL&videos=gGVjMq-B6Lo&feature=rec-LGOUT-exp_fresh%2Bdiv-1r-2-HM

Edyene Karla Kohl Marques nº09 2ºA

Anônimo disse...

Angela p.paiva
n:03 2A
Video:http://www.youtube.com/watch?v=3xfAL9T_g5U&feature=related

Antonio Lucio Vivaldi nasceu em 4 de março de 1678 e faleceu em 28 de julho de 1741.
Era um sacerdote.compões 770 obras entre as quais 477 são concertos 46 operas.
Vivaldi era filho Camila calcchice e Giovanni Battitas vivaldi,seu pai era um barbeiro,mais também um talentoso violinista,ele matriculou Vivaldi em uma escola para aperfeiçoar seus conheçimento musicais.
Vivaldi se tornou o maior violinista da sua época tocando na orquestra da Basilica de São Marcos .
Vivaldi se tornou padre e sofria de asma por isso foi lhe dado a despensa da celebração da São eucaristia.
vivaldi compois para as crianças do orfanato onde foi ensina violino o maior dos seus concertos,cantastas e musicas sagradas.
A primeira coleção dos seus trabalhos foi publicadas em 1705 e em 1712 ele compões o "estro armonico",uma coleção de 12 concertos que repercutiu em toda Europa.
Em 1723 publicou o Opus8,que contém "as quatro estações" sua obra mais conhecida.
A pesar de seu estatuto de sacerdote,é suposto ter tido casos amorozos,um dos quais com uma de suas alunas.
Vivaldi foi realmente um compositor prolifico e a sua obra mais conhecida e divugada é le quattro stagioni(as quatro estações).
Ele compos 46 obras 44 motetos, sinfonias,2 serenatas,73 sonatas,100 árias,30 cantatas,musicas sacras.
Vivaldi era fracamente capas de compor musicas que agradace ao publico geral devido compor só musicas academicas.
-Nome de algumas de suas obras:
opera:l'adelaide,atenade,agrippo, la silvia.
-Musicas vocal:
-cantatas:all'ombra d' um bel faggio, amor há vinto,era la notte.
-Serenatas:
le gre della giustitia e della pace la sena fresteggiante
-Motetos:
in turbato mare,longe mala unhae terrores.
-Musicas sacas:
gloria, credo,beatus vir, magnificat.
-Oratorios:
Moyses Deus Pharaonis,l'adorazione delli tre re magi al bambino gesu.

cristine disse...

William Byrd


Ele foi um compositor inglês, nasceu em Londres em 1542 ou em 1543 e faleceu a 4 de julho de 1623 em Stondon Massey, Essex. Filho de um músico, teve como professor Thomas Tallis. Tornou-se organista da Lincoln Cathedral em 1563, cantor do coro da Capela Real em 1570, e em 1575 recebeu o título de Organista da Capela Reall.
Ligada à tradição polifônica do século XVI, sua obra se destaca graças às sua variações para o virginal, canções, motetos e hinos.
Byrd também exerceu importante atividade no ramo das edições. Em 1607 publicou uma coleção de gradualia para um ano eclesiástico inteiro. Uma moderna edição deste álbum foi publicada em 1899. Em 1611 aparece a primeira edição de "Psalms, Songs and Sonnets, Some Solemn, Others Joyful, Framed to the Life of the Words, Fit for Voyces or Viols, etc." Provavelmente neste mesmo ano é publicada "Parthenia", uma coleção de peças para o virginal, que compreende 21 composições de Byrd, Bull e Gibbons. Três missas - para três, quatro e cinco vozes, respectivamente - pertencem ao melhor período de Byrd como compositor. A missa para cinco vozes foi reeditada pela Musical Antiquarian Society em 1841, e em 1899 o mesmo trabalho foi editada por Breitkopf e Hartel. Dois de seus motetos, "Domine, ne irascaris" e "Civitas sancti tui", com textos ingleses, fazem parte do repertório da maioria das catedrais Anglicanas.


obras:
Great Service, Qui Passe, Ave Verum Corpus.


video:
http://www.youtube.com/watch?v=4s0KVBlIcgo


Aluna: cristine de souza
n:08
2A

erika disse...

Johann Sebastian Bach nasceu na Turíngia a (21 de março ou 31 de março 1685.) no seio de uma família de músicos.A mãe morreu quando ele tinha nove anos de idade. Um ano depois morreu o pai Johann Ambrosius Bach, que era músico da cidade e havia lhe ensinado os rudimentos da música. Foi viver e estudar com o irmão, Johann Christoph Bach, dezesseis anos mais velho que ele, então organista de Ohrdruff. Ao lado do irmão, Bach aprendeu a tocar órgão e a compor. Christoph, no entanto, não era um grande entusiasta do talento do jovem Sebastian. O irmão mais novo certa vez pediu a Christoph que lhe deixasse estudar algumas partituras de Pachelbel, que fora padrinho e professor de Christoph, mas este recusou. Sebastian então passou a copiar, todas as noites, as partituras do irmão, enquanto este dormia, para que pudesse estudá-las mais tarde. De nada valeu esse esforço, já que Christoph, ao descobrir as cópias, destruiu-as. Especula-se também que o esforço realizado por Sebastian para copiar as partituras na escuridão tenha sido responsável pela cegueira que o atormentou no final da vida. Em 1703, aos dezoito anos, Bach ascendeu ao posto de organista em Arnstadt, graças ao precoce domínio do instrumento.Em 1705, Bach percorreu a pé o caminho de Arnstadt até Lübeck, somente para ouvir Buxtehude, famoso organista a quem o jovem Bach muito admirava, apresentar-se. Essa viagem custou-lhe o emprego, motivando-o a procurar outro emprego, que veio a ser em Mühlhausen, onde ele conheceu Maria Barbara, sua prima, com quem se casaria e teria sete filhos. Bach introduziu a jovem no coral da igreja luterana local, o que causou transtornos burocráticos, e o fizeram abandonar o cargo. Maria Barbara adoeceu, vindo a falecer subitamente durante uma viagem do marido. Ali escreveu também as primeiras cantatas. Só um ano depois, em 1708, foi nomeado organista da Corte, e em 1714 diretor de orquestra na corte do duque Wilhelm Ernst, em Weimar. De 1717 a 1723, Bach foi mestre-capela (Kapellmeister) na corte de príncipe Leopold de Anhalt-Köthen. Em 1720 morreu a primeira esposa, e um ano mais tarde voltou a casar-se, desta vez com a cantora Anna Magdalena Wülcken. A partir de 1723 e até à sua morte, foi Diretor de Música (Kantor) na igreja luterana de São Tomás em Leipzig. Chegou a ser convidado para a corte de Frederico II o Grande em Sans Souci. Morreu em 1750, depois de uma intervenção cirúrgica fracassada nos olhos. Bach foi ficando cego até perder totalmente a visão. Atualmente crê-se que a sua cegueira foi originada por diabetes não tratado.
Obras:
Cantata 140
Preludio e Fuga em E# maior (preludio), BWV 552 – Preludio.
Preludio e Fuga em E# maior (fuga), BWV 552.

Links:
http://www.youtube.com/watch?v=lwFu5yRH-So
http://www.youtube.com/watch?v=__lCZeePG48
http://www.youtube.com/watch?v=k5AatNLUQM8

Aluna: Érika Cristina de Almeida
Nº10.
2°A

amanda perez disse...

Claudio Monteverdi (Cremona, batizado em 15 de maio de 1567 — Veneza, 29 de novembro de 1643) foi um compositor, cantor e violista italiano.

Desenvolveu sua carreira principal entre Mântua e Veneza. Foi um dos responsáveis pela passagem da tradição polifónica do Renascimento para um estilo mais livre, dramático e dissonante, baseado na monodia e nas convenções do baixo contínuo e da harmonia vertical, que se tornaram as características centrais da música do período seguinte, o Barroco. É considerado o último grande madrigalista, certamente o maior compositor italiano de sua geração, um dos grandes operistas de todos os tempos e uma das personalidades mais influentes de toda a história da música do ocidente. Não inventou nada novo, mas sua estatura deriva de ter empregado recursos existentes com uma força e eficiência sem paralelos em sua geração, e integrado diferentes práticas e estilos em uma obra pessoal rica, variada e muito expressiva, que continua a ter um apelo direto para o mundo contemporâneo ainda que ele não seja exatamente um compositor popular nos dias de hoje.


http://www.youtube.com/watch?v=Ay79V_tMGzI

Claudia Lobato disse...

até aqui acabei de corrigir!

MALAKIAN disse...

Claudio Monteverdi

Desenvolveu sua carreira principal entre Mântua e Veneza. Foi um dos responsáveis pela passagem da tradição polifónica do Renascimento para um estilo mais livre, dramático e dissonante, baseado na monodia e nas convenções do baixo contínuo e da harmonia vertical, que se tornaram as características centrais da música do período seguinte, o Barroco. É considerado o último grande madrigalista, certamente o maior compositor italiano de sua geração, um dos grandes operistas de todos os tempos e uma das personalidades mais influentes de toda a história da música do ocidente. Não inventou nada novo, mas sua estatura deriva de ter empregado recursos existentes com uma força e eficiência sem paralelos em sua geração, e integrado diferentes práticas e estilos em uma obra pessoal rica, variada e muito expressiva, que continua a ter um apelo direto para o mundo contemporâneo ainda que ele não seja exatamente um compositor popular nos dias de hoje.

http://www.youtube.com/watch?v=OfVTFl2Tvqg

ALUNO: Rafael Morais Da Costa Nº28 2ºA

Claudia Lobato disse...

fim enfim!